CLICK!

CLICK!

CLICK!

CLICK!

CLICK!

CLICK!

CLICK!

Maurício Borsari







Select from Portuguese to English, French, Spanish, etc





Campeão brasileiro de kayaksurf em 2003

MAURICIO BORSARI tem uma longa experiência em embarcações e água. Só no rafting, acumulou os seguintes títulos: medalha de bronze nos Jogos Mundiais da Natureza; quatro vezes campeão brasileiro da modalidade; sétimo lugar no Mundial de 1999 (África) e o nono lugar no mundial de 2001 (EUA). Para além desta modalidade, Maurício foi bi campeão brasileiro de canoas havaianas (outrigger) nos anos de 2001 e 2002 e lidera, neste momento, o circuito de 2003. No kayaksurf, sagrou-se vice campeão brasileiro do circuito de 2002 e é, actualmente, o campeão brasileiro em título do circuito de 2003 de Kayaksurf.

Kayaksurf.net - Há quanto tempos praticas kayaksurf?

Maurício Borsari - Eu pratico kayaksurf a três anos.

Começaste pela canoagem ou pelo surf?

Eu comecei pelo surf que pratico à 26 anos, já a canoagem pratico à 5 anos.

Qual consideras mais importante para esta modalidade: a experiência da canoagem ou do surf ?

Eu considero as duas experiências importantes, mas com certeza a experiência do surf facilita muito no posicionamento e na escolha das ondas que faz muita diferença no mar quando se está surfando.

Quais as diferenças fundamentais que apontas entre o kayaksurf e a canoagem de águas bravas?

Eu acho que a principal diferença fica a cargo do ambiente onde você desenvolve a actividade, pois no rio você joga com refluxos e correntes, já no mar você joga ou brinca com uma onda contínua e dinâmica como uma parede que te empurra. Outra diferença que acredito ser fundamental é sobre o equipamento, pois por ter um passado de surf sei que para surfar como uma prancha é necessário ter um equipamento que se assemelhe com uma prancha para poder performar igual, logo acho que kayak para surf tem que ser no mínimo próximo de um wave-ski..

Para quem se que iniciar no kayaksurf, quais as condições essenciais que apontas ao atleta?

Em primeiro lugar acho que deve sempre seguir as regras de segurança de canoagem em geral e, acima de tudo, sempre respeitar o mar e os seus próprios limites.

E sobre material, preferes usar kayaks em plástico (da wave-sport ou prijon, por exemplo) ou recorreres a kayaks em fibra construídos à medida?

Eu uso um kayak de fibra com três quilhas móveis que é de construção artesanal com bordas laterais. Com este equipamento me sinto muito confortável para manobrar nas ondas.

Como comentas a evolução desta modalidade aí pelo Brasil? E a nível Mundial?

Existem excelentes canoístas de onda aqui no Brasil e o esporte no Brasil só não se desenvolve mais porque não existe apoio real por parte da Federação Brasileira de Canoagem. Já a nível mundial eu tive uma surpresa muito boa no mundial da Irlanda, que é o facto desta modalidade estar assumindo sua identidade real. Por ser relativamente nova, ainda existe muita confusão ( no meu entender ) entre canoagem slalon e surf propriamente dita, e na Irlanda o sistema de julgamento foi semelhante ao de Santa Cruz ( California ), eram todos juízes profissionais de surf , sendo que a base de todas as questões a serem analisadas era o surf. Na realidade com a evolução dos equipamentos como quilhas, bordas laterais e outros detalhes, a performance do kayak se aproximou muito da prancha logo a forma de encarar este esporte também evoluiu. Assim como na canoagem de velocidade o foco é a velocidade, na canoagem slalon o foco é o slalon, na canoagem de águas brancas o foco são as águas brancas, na canoagem de onda o foco não poderia ser diferente do do SURF.

Que experiências mais marcantes guardas das provas de kayaksurf em que participaste?

No mundial da Irlanda eu tive uma experiência não muito positiva, pois a mala que continha os equipamentos do kayak acabou indo para a Itália e durante quase dois dias rezei muito para tudo dar certo, mas finalmente a mala foi entregue no local da competição e eu pude competir.


Borsari em competição no Mundial da Irlanda de 2003

E sobre patrocínios e apoios aos atletas... qual a adesão das marcas a esta modalidade?

Na realidade, é possível conseguir apoio de patrocinadores, que normalmente vem na forma de equipamentos , mas dinheiro para despesas é muito difícil.

Das vezes que participas, quais os apoios (patrocínios) com que contas?

Os principais apoios que recebi foram da UOL ( portal de internet ) MORMAI (roupa de borracha), OPIUM (fábrica de kayak ) e outras marcas de roupas.

Qual o preço médio de um bom kayak para surf aí pelo Brasil?

O preço médio de um kayak de fibra construído sob medida como o das fotos que estou lhe enviando é de 250 euros.

Que mensagem deixas aos praticantes de kayaksurf que por aqui passam?

A mensagem que deixo é de boas ondas para todos e se passarem pelo Brasil será um grande prazer poder mostrar as ondas do nosso país aos praticantes de kayaksurf


Borsari #1
Borsari #2



Borsari nas águas invejáveis do outro lado do Atlântico

Trabalho publicado em 18 de Dezembro de 2003

Texto- Luis Pedro Abreu

Fotos- Arquivo de M.Borsari








VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
MORE LINKS

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright 2006 Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com