CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!


CLICK!
:: CHRIS HARVEY ::













Chris Harvey

O SURFISTA VOADOR QUE CONQUISTOU A AMÉRICA


Chris Harvey - Foto: Tim Harvey

O que é que podemos dizer sobre o homem mais fotografado no kayaksurf mundial? Que consegue os maiores aéreos algumas vez vistos num surfkayak? Que executa manobras radicais como ninguém? Que transmite uma verdadeira imagem surfista do kayaksurf? Sim... isso e muito mais! Chris Harvey tem 28 anos e é natural das Ilhas britânicas de Guernsey. É professor de profissão mas, acima de tudo, é um verdadeiro embaixador do kayaksurf a nível mundial. Como pontos altos no seu extenso currículo desportivo, Chris tem um 9º lugar no Mundial de 2005 na Costa Rica, um 3º lugar no Mundial do País Basco em 2007, três segundos lugares no competitivo circuito britânico de kayaksurf (2005,06,07) e, na mais famosa prova do mundo de kayaksurf - Santa Cruz, Califórnia - sacou um 3º lugar em 2006 e, nos dois anos seguintes, alcançou o primeiro lugar conquistando definitivamente a América do kayaksurf. Mais palavras para quê? Estamos na presença de um dos melhores kayaksurfistas da actualidade que muito tem contribuído para a promoção do kayaksurf. Começou na canoagem há 15 anos e passou pelos rios e pelos kayaks de mar mas foi no surfkayaks que se deu a conhecer ao mundo. As suas fotos - também mérito dos grandes colaboradores que tem - fazem as delícias de todas as publicações e os mentores de Chris vão-lhe dando força e apoio nesta sua escalada. Ambiciona um futuro para o kayaksurf à semelhança de outros desportos mais mediáticos das ondas e, de uma coisa estamos certos... se todos surfássemos como ele, o kayaksurf estava bem mais mediático!!

Chris Harvey

www.kayaksurf.net - Olá Chris. As fotos que o Steve Childs te tirou no País Basco, figuram nas melhores imagens do mundial. Tens a noção de que os teus aéreos são realmente bons?

CHRIS HARVEY – Eu estou sempre a tentar sacar um bom aéreo. De vez em quando, tudo sai bem e consigo voar por cima da onda... tu sabes que é uma boa manobra e sentes-te altamente mas é sempre um bónus alguém conseguir sacar esse momento com uma câmara!

E neste mundial... ficaste satisfeito com a tua participação? (OPEN SHORT FINAL 3rd Chris Harvey)

Este Mundial foi difícil para mim. Eu tinha acabado de começar num novo emprego e, apesar de ter tido um bom Verão de treinos, no mês do Mundial não pude praticar quanto queria. As condições para surfar também não eram as melhores e custou-me ver quem teve que surfar em muito más condições. Tive umas mangas difíceis logo no início o que só reflecte a evolução que este desporto tem tido e a sua subida de nível. No entanto, à medida que a semana ia passando, fui ganhando confiança e comecei a acreditar mais em mim. Estava muito motivado para chegar às finais. Na final, só quis entrar para me divertir. É espectacular participar num heat de grande qualidade em que defrontas alguém de classe mundial sabendo que todos estão a gostar muito de assistir. Para mim, infelizmente, não consegui encontrar as melhores ondas e, de cada vez que apreciava o Rusty, tudo se tornava mais difícil. O ano de 2007 foi muito bom para mim, pensei, e acabar em 3º lugar no Mundial era um resultado de que me poderia orgulhar.




Chris Harvey (Guernsey) / 25.10.07 / Mundial de Kayaksurf / Foto: Steve Childs




Li um artigo teu muito interessante no Boatertalk em que criticavas alguns aspectos deste Mundial... recorda-nos essas linhas...

Sim, houve alturas de grande frustração neste Mundial (País Basco 07). Eu não quero com isto tirar tudo o que de bom teve este Campeonato mas deste essa data (Outubro 2007), muito se tem falado sobre quais as condições ideias para surfar. É claro que os organizadores das provas estão condicionados pelo tempo mas também deve ser assegurado que todos os participantes tenham as melhores condições para mostrar o seu talento. Os kayaksurfistas da classe HP são relativamente novos e estamos todos (ainda) a aprender muito. Acho que há uma geração promissora que aí vem e, pessoalmente, acredito que a Taça do Mundo venha a ser uma prova com muito potencial.

A tua carreira no kayaksurf tem sido coroada com muito sucesso. Entrevistas (como a que tiveste no Canoe&Kayak), patrocinadores... como é que geres a tua promoção em busca de patrocínios?

Os patrocínios ajudaram-me bastante para prosseguir neste desporto de adoro. Estou particularmente agradecido à MEGA que foi o meu primeiro patrocinador e que me ajudou bastante nesta minha ambição. É duro arranjar patrocínios e ainda mais em relação a eventuais patrocinadores que não estão envolvidos no kayaksurf. Ao assumir uma atitude mais discreta, será difícil de adquirir patrocínios mas acredito que estamos no bom caminho. Esta ano consegui o apoio da Sunto - uma grande marca - que, até agora, nunca tinha estado em contacto com a modalidade. Para mim, o objectivo passa por promover este desporto, entusiasmar as pessoas e contagiá-las com esta paixão. Recebo com regularidade vários mails de pessoal mais novo interessados no kayaksurf. É muito bom vê-los entusiasmados e partilhar com eles esta visão que irá certamente promover o kayaksurf no futuro. No que diz respeito aos patrocínios, é óbvio que é bom conseguir bons resultados mas também é importante envolver os media. Tal como a entrevista na Canoe&Kayak, tenho outros projectos na mira para este ano que envolvem outras revistas e a BBC - boas notícias para mim e para o kayaksurf.



Chris Harvey - Foto: Tim Harvey



Acreditas que, um dia, teremos kayaksurfistas profissionais à semelhança do que se passa no surf?

Essa é difícil de responder! Acho que estamos perto... um evento, um vídeo, um grande artigo, pode ser que todos juntos consigam atrair os grandes patrocinadores. Temos que ver para além do desporto e procurar "vendê-lo" às grandes multinacionais. Esse é que é o desafio!

Diz-nos agora que material habitualmente usas para surfar...

Surfkayak: MEGA REFLEX... a minha arma! O que é que eu posso dizer dele... adoro-o!!
Capacete: GATH RV: Já uso o RV há uns anos e continuo a achá-lo muito confortável.
Pagaia: STREAMLYTE (custom spec): Continuo muito satisfeito com o desempenho destas pagaias. Boa construção, leves e uma pá poderosa... são muito boas!
Software/ Equipamento: NOOKIE: A NOOKIE tem evoluído muito ao longo dos últimos anos e tem uns kits muito confortáveis.



Chris e um dos seus MEGA REFLEX - o eleito pelo craque Foto: Dan Green



Tens alguma regra em mente que gostarias de ver adicionada ao actual regulamento das provas de kayaksurf?

Para ser honesto, do que eu gosto mesmo é de surfar, por isso, não me debrucei muito sobre esse assunto... ainda.

Porque é que não te vemos a competir na classe IC? Desconfortável?

Eu já tentei surfar em IC's algumas vezes e tive resultados variados. Eu comparo os IC às pranchas longboard e, mesmo sendo divertidas, a minha classe de eleição são os HP - têm um estilo mais dinâmico. É simplesmente a classe de que mais gosto. O meu objectivo é investir em manobras cada vez mais técnicas e elevar as minhas capacidades na classe HP.

QE em 2009 o Campeonato do Mundo será, pela primeira vez, em Portugal. Ficaste satisfeito com a decisão?

Portugal é um grande destino para o próximo Mundial de kayaksurf. A Taça do Mundo de 2006 em Peniche conseguiu agradar a todos porque, sejam quais forem as condições do mar, conseguimos sempre encontrar uma onda decente. Há inúmeros spots à volta da península (Baleal) e alguns com ondas de muito boa qualidade. Se a organização conseguir assegurar o uso desses spots, podemos ter condições para um grande campeonato.



Chris Harvey - Foto: Tim Harvey



Depois de toda a grande experiência que já acumulas no kayaksurf, como vês o futuro da modalidade?

Estamos a crescer, a aprender e este desporto está a caminhar para uma modalidade de alta performance. Tudo isto é dinâmico e muito bom de ver. De ano para ano, estamos a inovar nos designs, na performance e na cobertura mediática e esperemos que tudo isto continue assim. Gostaria de ver alguns eventos mais profissionais tal como nas provas de surf em que voam para um um bom spot e lá ficam durante uma semana a surfar, filmar, etc. Eu acho que a Taça do Mundo tem muito potencial e, se tudo corre bem, nos próximos anos teremos mais promoção mediática e atenção por parte dos possíveis patrocinadores. Estamos nua altura de excelente evolução!



Chris Harvey - Foto Tim Harvey



Quem são os teus mentores no kayaksurf?

Eu lembro-me que, quando comecei a surfar a sério, comprei um DVD do Vince Shay e fiquei impressionado em ver alguém a promover tão bem o kayaksurf e a partilhar a sua óbvia paixão. Foi uma verdadeira inspiração para mim. Eu já surfei com o Vince algumas vezes e é um espectáculo. A diversão e paixão que ele tem por este desporto são mesmo contagiantes... continua Vince!

Também tenho que falar também em Malcolm Pearcey (Mr.Mega)... eu acho que há muita gente que não se apercebe da paixão que o Malcolm tem pelo kayaksurf. Ele alcançou brilhantes resultados no passado e tem um grande manancial de conhecimentos ao nível do design, técnicas, etc. Depois de um longo período sem ir à água, O Malcolm saltou para dentro de um surfkayak no ano passado (Mundial do País Basco) e foi muito bom ver o sorriso estampado na cara dele a surfar - tudo se resume a isso.



A CONQUISTA DE SANTA CRUZ EM 2007 E 2008



Chris Harvey - Foto: Tim Harvey



Depois do bronze em 2006, duas vezes seguidas em primeiro lugar em Santa Cruz na Califórnia... qual o segredo para tão bons resultados?

Ahh... isso é não se diz a ninguém! Eu acho que a coisa mais importante em Steamer´s Lane é ser paciente e esperar pelas melhores ondas. Eu passo muito tempo a observar e a estudar no terreno onde me hei-de colocar. A "slot wave" (assim designada em Steamer's Lane pelos locais) é a melhor, com um arranque bem lá no fundo e uma boa parede. É muito melhor para os HP mas, por vezes, só tens 3 ondas dessas num heat, portanto, é uma questão de esperar e pontuar em cada uma dessas ondas. É óbvio que quando consegues apanhar uma dessas ondas, tens que fazer alguma coisa boa nela!!

Qual a tua opinião acerca do Campeonato de Kayaksurf de Santa Cruz... porque é considerada maior prova de kayaksurf do mundo?

O Dennis (Judson) e o seu pessoal dispensam ao Festival muito tempo, esforço e dinheiro para conseguirem o sucesso qu têm. Para nós, britânicos, é muito bom voar até lá para águas mais quentes no Inverno mas o Festival é também um grande evento social. Há quase sempre boas condições para surfar e a localização é muito boa, tanto para os espectadores como para os competidores. É uma combinação difícil de encontrar!

Expectativas para o próximo Mundial em Portugal...

É óbvio que não podemos encomendar boas ondas, mas seria muito bom termos uma onda técnica de classe mundial que puxasse por todos e que permitisse que os melhores sacassem grandes manobras. Seria muito bom ver os meios de comunicação social presentes de modo a que tivéssemos até cobertura televisiva do evento. Por último, ando à procura de grandes ondas para surfar que permitam um bom espectáculo.




Quais os teus projectos a curto prazo para o kayaksurf?

Ao longo do próximo ano, gostaria mais de fazer mais umas "safari trips", encontrar-me com alguns dos melhores kayaksurfistas para conseguirmos boas fotos e filmagens em diferentes locais... É mais ou menos um sonho, mas estou a trabalhar numa série de possíveis viagens (estejam atentos às novidades aqui no kayaksurf.net!). O meu grande objectivo é promover o kayaksurf e mostrar ao mundo a elevada performance em que nós já estamos - para isso também estou a trabalhar em alguns artigos para publicar.

Últimas palavras Chris...

SSurfem :-) Lutem pelos vossos sonhos! Por vezes as pessoas dizem-me "Quem me dera..." conseguir fazer uma bom "bottom turn" ou sacar um grande aéreo. A minha resposta é sempre... tu consegues. Não é preciso ser-se um super-homem para se surfar a um alto nível. É preciso é comprometerem-se e acreditarem em vocês mesmos. Qualquer um pode ser o melhor se acreditar em si próprio e concentrar-se nessa ideia.

Thanks Chris! Encontramo-nos em Portugal.




CHRIS HARVEY EM BIARRITZ / FRANÇA



SPONSORS DE CHRIS HARVEY







Trabalho publicado em 18 de Abril de 2008

Texto - Luis Pedro Abreu

Fotos - Tim Harvey + Steve Childs + Dan Green + Jordan Deltsheff

Vídeo - Firts Third Films







VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
MORE LINKS

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright 2006 Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com