CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!


CLICK!
CLICK!
:: DENNIS JUDSON ::








Dennis Judson

Mentor do Maior Festival de Kayaksurf do Mundo



Dennis Judson já figurou em várias capas de revistas de canoagem - Aqui um exemplo na PADDLES a surfar no Mundial 2007 / Photo: Steve Childs


É uma figura incontornável na cena mundial do kayaksurf. Com 65 anos, Dennis Judson é o nosso O’Neill. Fundou a empresa ASUDOIT em 1978 e, em 85, lançou-se na aventura de organizar o primeiro Festival de Kayaksurf da Califórnia. Tem um currículo repleto de aventuras sendo a maioria delas com pagaia na mão. Resolveu criar o Festival de Santa Cruz com o objectivo de promover a canoagem nas ondas e hoje, o mais antigo e famoso festival de kayaksurf do mundo contempla kayaksurf, waveski e paddle-board. Profundo conhecedor da evolução do nosso desporto, Dennis fala-nos sobre o primeiro surfkayak da Mega nos EUA e a revolução que este provocou nos designs posteriores. Com uma experiência de mais de 30 anos no ensino e formação em desportos de ondas, descreve-nos a evolução da modalidade e o salto qualitativo que tivemos nos últimos anos. Uma grande entrevista.


Principais episódios do CURRÍCULO DESPORTIVO de DENNIS JUDSON:

96 Santa Cruz / 3º em HP
97 Santa Cruz / 2º em HP
98 Rodanthe, Carolina do Norte Nacionais / IC Masters – 3º lugar
99 Santa Cruz / IC ACA Team Trials - 1º lugar
99 Santa Cruz / HP ACA Team Trials - 3º lugar
01 Campeonato do Mundo de Santa Cruz / IC Masters – 3º lugar
03 Santa Cruz / IC ACA Team Trials - 1º lugar
05 San Simeon / IC ACA Team Trials – 4º lugar
05 Costa Rica / Campeonato do Mundo / IC Masters - 3º lugar
07 Mundaka, espanhol Campeonatos do Mundo / IC Masters – 2º lugar
08 NorCal Davenport / IC – 3º lugar


www.kayaksurf.net - Olá Dennis! Em primeiro lugar, parabéns pelo grande sucesso do SCKSF. Vamos começar bem lá atrás... 1978 com a criação da Adventure Sports Unlimited. Conta-nos como é que este projecto nasceu...

Dennis Judson – Quando fundámos a Adventure Sports Unlimited, o foco principal foi na canoagem, mergulho e o “Cross Country Skiing”. Nós percebemos que, em todos estes desportos, fomos muito inovadores. Na canoagem, era tudo para as águas bravas, e não kayak de mar. Fazíamos viagens para o rio, mas estávamos junto ao oceano.. o percurso até ao rio mais próximo eram pelo menos 3 horas até qualquer troço onde pudéssemos, pelo menos, iniciar a prática. Assim, o nosso campo de treino de águas bravas era o surf. Nós precisávamos de promover a nosso conceito de “canoagem de aventura” para o mundo. Para tal, existirá melhor estratégia do que criar um encontro de gente das águas bravas para mostrarem as suas habilidades nas ondas? – estava criado o Festival de Kayaksurf de Santa Cruz. Nós designámos o evento como “Festival”, embora fosse uma prova que incluía competições para principiantes e “experts”. À parte disto, tínhamos sempre várias festas durante a noite pela cidade e que ajudavam bastante para o ambiente social do evento. O nosso objectivo era promover a aprendizagem e o crescimento do kayaksurf em kayaks cada vez mais “explosivos” e radicais. Mal sabíamos o que tínhamos começado…

Agora, após todos estes anos, o SCKSF é O Festival Mundial do Kayaksurf. Alguma vez pensaste em chegar até este ponto?

Bem, não. Nós simplesmente nos divertíamos a fazer umas ondas com os nossos Perceptions Dancers, Super Sports e Sabers (kayaks de plástico com que na altura surfavam). Depois, os ingleses começaram a criar novos modelos – foi aí que o Malcolm (Pearcey) surgiu com uma cópia do Perception Saber em fibra de vidro a que chamou Jester. Estava criado o design para a competição. Lembro-me de, numa reunião ao pequeno-almoço, Merv Larson afirmar que conseguia fazer um kayak como um waveski – estava criada a resposta americana aos designs ingleses. Hoje, todos têm os seus próprios designs e construtores.




Dennis Judson numa das primeiras edições do Santa Cruz Kayaksurf Festival - Dennis in one of the first SCKSF



Suponho que, de todos os eventos em que participaste, alguns foram particularmente especiais. Qual ou quais destacarias?

Se gostas de kayaksurf e da maneira como está disseminado por todo o planeta através de eventos designados “Campeonatos do Mundo”, temos que agradecer a Álvaro Gonzales da Costa Rica. Em 1993, nós organizámos um evento internacional em Santa Cruz e convidámos as ilhas britânicas para vir até cá. Tivemos duras batalhas em relação às regras – já sabes como são os ingleses. Vindos de bem mais perto, tivemos a participação de uma equipa da Costa Rica – o team de Rios Tropicales. Num certo jantar em que todos já tinham esquecido muita coisa, alguém levantou a mão e defendeu a Costa Rica como anfitriã do Mundial de 95. Todos adoraram a imagem de surfar em águas quentes! Estava consolidada a ideia dos campeonatos do mundo (depois de 91 e 93). O Mundial da Costa Rica serviu de base para todos os “mundiais”. Álvaro Gonzalez (Toca – como é mais conhecido), foi um anfitrião de luxo. Através do evento, mostrou-nos a sua Costa Rica. Todas as equipas se renderam a este facto. O Campeonato foi mais um motivo para que todos aqueles kayaksurfistas se juntassem e convivessem num país tropical. “Toca” defendia que todos se deviam divertir e foi o que fizemos. É deste evento que guardo as melhores recordações e foi lá que se sentiu o verdadeiro espírito desportivo promovido por todos.

Criaste o Festival de Santa Cruz como um evento não-competitivo ou a parte da competição sempre esteve presente?

A competição foi sempre o objectivo. Um dos meus sócios originais nesta aventura, Matty Kinsella, acreditava que, como nos primórdios dos Jogos Olímpicos, nós devíamos fumar um charuto e beber um conhaque antes de cada evento. Em muitos dos primeiros campeonatos do mundo, o uísque escocês foi definitivamente um lubrificante. O principal motivo por que chamamos este evento um “festival”, é realmente para promover a camaradagem e aprendizagem. Uma citação de Ed, da Murky Waters, é que este evento foi a “mistura perfeita entre concorrência e amizade”. É assim uma espécie de reunião de família, em que encontras membros que já não vias há muito tempo. Podes ver hoje os resultados.




Dennis speaking in SCKSF 2009 - 3rd person on his right is Rick Starr / President of WSKA



Na Europa, temos alguns eventos somente para waveski e outros, para o kayaksurf. Em Portugal, por exemplo, juntámos as duas categorias no nosso circuito nacional. O que pensas sobre isto?

Em eventos como o nosso, o mais importante é a promoção dos desportos que surfam com pagaia. Assim, incluímos o waveski, o “stand-up-paddle” (SUP) e o kayaksurf. Abarcamos também todo o tipo de classes no kayaksurf: IC, HP e “plastic production”. Desenrolamos as duas competições ao mesmo tempo: uma para iniciantes e outra para os mais experientes. Nós conseguimos fazer isso em Steamer Lane porque o local dispõe de dois locais distintos com diferentes tipos de surf. Mas o tempo e o dinheiro é que contam nos Campeonatos do Mundo e as categorias e os designs têm que ser mais concretos.




Dennis surfing in Steamer Lane - check his broken paddle!



Quantas classes e categorias tens agora no SCKSF?

No site "B” (mais acessível), temos as classes “Iniciantes” e “Intermédios” nas categorias ”Plastic Production”, Sit-on-top, SUP IC e HP. No site "A" (mais difícil), surfam os IC, HP (em homens, mulheres e Júnior) SUP Élite, “plastic production” e waveski.

Depois de todos estes anos, como vês a evolução do nosso desporto?

Eu estou espantado com a proeza dos fabricantes que nos têm fornecido as nossas máquinas. Dou os parabéns ao Malcolm da Mega, ao Ed. da Murky Water e ao Paul do PS Composites. Sabes Luis, quando vemos eventos de kayaksurf por esse mundo fora, concluímos que nós não criámos o kayaksurf por lá. Eles já surfam com os seus próprios designs e modelos. O que esses eventos representam, é uma fusão de ideias, técnicas e projectos. É bom para todos. O kayaksurf moderno tem sido projectado com autênticos magos das ondas como Chris Harvey, David Speller, Darren Bason, Edu, Sean Morley, Vince Shay, Dave Johnson e Rusty Sage. Tal como as pranchas de surf, também os surfkayaks serão cada vez mais leves. E isto significa que teremos cada vez mais aéreos. Ao contrário das pranchas, nós estamos agarrados ao nosso veículo e por isso conseguimos sacar manobras mais divertidas no ar e na água. Mas o que mais aprecio num surfkayak, é o seu “power” – tu podes entrar de surfkayak num dia de mar grande e surfares com alta precisão. As pranchas raramente conseguem entrar…




Dennis surfing last edition of SCKSF / Stormick Photography



Há algumas cabeças menos afortunadas que continuam a defender surfkayaks contra waveskis e vice-versa. Como vês esta discussão?

Os waves têm certamente o seu espaço - um pouco como os surfkayaks criados a partir de uma prancha pequena. Eles adoram aéreos mas, como já falámos nesta entrevista, os surfkayaks também os sacam. Sabes, durante algum tempo, o pessoal do Sul da Califórnia tentou resolver a questão sobre qual dos dois seria o melhor e criaram uma competição muito engraçada chamada “O Rei das Ondas” na qual os waves competiam contra os surfkayaks – ganharam sempre os surfkayaks. E a razão não era porque são melhores do que os waveskis mas sim porque conseguem apanhar mais ondas. Power! E para mim, este é um forte argumento. Eu adoro estas máquinas grandes, rápidas e leves chamadas IC que podem entrar no mar em dias de swell gigante. Depois é vê-los a surfar sozinhos nesses dias. E que bom que é surfar sozinho num pico que habitualmente está sempre cheio de gente.

Este ano, organizas a 24ª edição do SCKSF. Podes avançar-nos o programa?

Teremos uma área maior para a classe dos “Iniciantes e Intermédios” em “Stand-Up-Paddle” (SUP) e novidades na categoria dos “Plásticos” (Plastic Production). Gostaríamos de trazer mais pessoal das águas bravas para o kayaksurf. É por isso que também teremos seminários sobre “freesurf kayaking” antes do festival para que todos ganhem mais motivação. Estamos a aceitar voluntários como “secretários” dos juízes principais que estarão no site principal do evento. É uma forma destes verem como pontuam os juízes mais habilitados. Se estão interessados em alinhar nesta experiência fantástica, é só entrarem em contacto com a nossa Coordenadora dos Voluntários, Heidi McCough (hmcgough@sbcglobal.net). Se analisarmos a evolução das águas bravas nos nossos dias, vemos que as manobras aéreas são as mais ambicionadas. Os kayaks deles estão a ficar mais lisos e irrequietos. Na verdade, do que nós precisamos no kayaksurf, é do pessoal dos rios. É por isso que estamos a desafiá-los para que venham experimentar kayaks mais rápidos e leves do que aqueles que utilizam. No site principal do Festival, teremos assim uma especial “Plastic Production Challenge” só para eles. Vamos ver o que os Jackson Kayaks serão capazes de fazer. Outra novidade será o reforço das competições entre escolas de canoagem - “College Challenge”.




Dennis Judson / Steamer Lane




Falhaste o Mundial em Portugal! Vais estar na costa Este em 2011?

Se tudo correr bem, estarei no Team das Costa Oeste para participar no Mundial da Costa Este. Quer dizer, quem mais podem eles escolher para a classe dos Grand Masters tendo eu 67 anos?

Últimas palavras…

O Kayaksurf é fantástico. Continuo impressionado pelos modelos e designs que temos para surfar. Graças a este desporto, tenho conhecido algumas das mais loucas e simpáticas pessoas deste planeta líquido. Para além disso, continuo a respeitar e a espantar-me com a filosofia daqueles que se lançam de autênticas montanhas de água com um kayak e um pagaia.

Obrigado Dennis. Foi um prazer e uma honra. Um bom ano e todo o sucesso para a edição 2010!!




Dennis Judson / California 2007






SC Kayaksurf Festival Highlights 2009




Trabalho publicado em 6 de Janeiro de 2010

Texto - Luis Pedro Abreu

Fotos - Stormick Photography and personal archive of DJ

Video - Teaktart

Website - www.asudoit.com




VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS KAYAKSURF
VIDEOS WAVESKI

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
ARTICLES

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright / Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com