CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!


CLICK!
:: JONO STEVENS ::











Jono Stevens - EUA

Presidente da Associação de Kayaksurf da Costa Oeste


Jono Stevens


Jono Stevens

As suas fotografias e vídeos, tanto como atleta como produtor, já surgiram em inúmeras publicações desportivas. Jono Stevens, 32 anos, fez da canoagem profissão durante oito anos e iniciou-se no kayaksurf há cinco. A residir em Santa Cruz, Califórnia, Jono teve excelentes “professores”, como Rick Starr (actual presidente da Associação Mundial de kayaksurf WSKA) e Dennis Judson – são ambos autênticas lendas do kayaksurf californiano. Esteve no Mundial da Irlanda, é participante assíduo das provas de kayaksurf norte americanas e, mais recentemente, sagrou-se campeão do mundo na Costa Rica 2005 enquanto membro e Capitão da Selecção de Kayaksurf da Costa Oeste (actual campeã do mundo). Já percorreu rios em 10 países com o seu kayak e agora só pensa em Mundaka/Bakio – onde decorrerá o Mundial deste ano. Hoje, Jono Stevens, trabalha como técnico especializado em energia solar mas os kayaks estão sempre na primeira linha. Tem uma opinião crítica sobre o estado do mercado relativamente aos surfkayaks e a sua justificação é bastante plausível… Jono Stevens, mais um apaixonado pelo mar!

KAYAKSURF.NET - Olá Jono. Ao olharmos para o teu currículo, vemos que, para além do kayaksurf, tens muita experiência em águas bravas. Quando é que o kayaksurf surgiu na tua vida?

JONO STEVENS – Eu iniciei-me no kayaksurf quando voltei a viver na Califórnia em 2000. Conheci o Rick Starr (presidente da Associação Mundial de Kayaksurf já entrevistado pelo kayaksurf.net) e ele levou-me para as ondas com um surfkayak antigo. Foi ele o meu grande impulsionador e professor de kayaksurf.


Jono acumula anos de experiência em águas bravas


Tu acumulas muita experiência de outras vertentes da canoagem. Concordas que todas elas se complementam para o kayaksurf ou achas que, por exemplo, o surf de prancha ou o bodyboard, são mais proveitosos para o kayaksurf?

Ter boas bases de canoagem é muito bom para o kayaksurf mas eu acho que o mais importante, é dominar os conhecimentos à volta das ondas e do oceano. Tenho visto canoístas muito fraquinhos a surfar muito bem as ondas. Eu comecei no surf de prancha há uns anos e isso contribuiu bastante para a minha evolução técnica no kayaksurf.

Tu és o capitão da selecção da Costa Oeste dos EUA de kayaksurf - sagrada campeã do mundo em 2005. Conta-nos como foi a vossa vitória na Costa Rica...

A Costa Rica foi uma grande experiência. O campeonato correu muito bem porque tudo estava muito bom. Os organizadores fizeram um grande trabalho e foi tudo muito divertido. As ondas também eram muito consistentes. Foi muito bom termos visto kayaksurfistas de tão boa qualidade e com um grande nível competitivo. Eu tive a honra de ser o Capitão de equipa juntamente com a Gina Troiani.

Vocês esperavam ser campeões do mundo?

Eu estava esperançado que a nossa equipa se sagrasse de novo campeã do mundo (o último título tinha sido em 1999 no Brasil) mas não posso dizer que contava com tal facto. Há sempre boas equipas em competição e nós nunca sabemos o que irá acontecer. Tudo depende se apanhas as melhores ondas e se és suficientemente consistente em cada heat.

US WEST TEAM





A vossa equipa virá este ano ao País Basco. Quantos elementos é que vão trazer para o Campeonato do Mundo?

Nós estamos a tentar levar uma equipa completa até Espanha (21 elementos). Penso que muitos dos que irão participar, fazem parte da mesma equipa que levámos até à Costa Rica.

E agora sobre ti… como descreves a tua participação na vigésima edição da mítica prova de kayaksurf de Santa Cruz de 2006?

Eu gosto muito de participar na prova de Santa Cruz e ainda mais desde que vivo cá. Na realidade, é um fim de semana muito divertido, cheio de surf e uma oportunidade de confraternizar com amigos e competidores nas festas que se realizam. As provas têm-me corrido muito bem nos últimos anos e participo sempre em todas as festas!





Jono Stevens em Santa Cruz


Tu tens conseguido bons resultados em Santa Cruz. Este ano alcançaste o 6º lugar em HP e 8º em IC. Na tua página web, afirmas que, uma das tuas metas, é alcançares os lugares de topo no kayaksurf mundial. Continuas a lutar por este objectivo?

Eu acho que ainda não alcancei todo o potencial que posso dar ao kayaksurf. Ainda não tomei esse objectivo muito a sério. Acho que preciso de surfar uma maior variedade de ondas e tentar outros modelos de surfkayaks. Eu costumava treinar e remar mais de 100 dias por ano quando competia nas provas de águas bravas. Ainda não fiz essa média para o kayaksurf. Talvez este ano comece a fazê-lo antes do mundial de Espanha.

Um dos teus projectos é promover o kayaksurf enquanto desporto. Até onde é que achas que o kayaksurf pode chegar?

Tal como muitos desportos de aventura, o kayaksurf está em constante evolução. Vejo as provas a evoluir cada vez mais e a ficarem mais divertidas e variadas no seu formato. Há cada vez mais eventos de kayaksurf a serem organizados que contribuirão para a promoção deste desporto e isso é fundamental para a sobrevivência de qualquer desporto. Os kayaks no surf estão a ser cada vez mais aceites. Quanto mais pessoas surfarem em kayaks específicos para o efeito e as suas manobras evoluírem, mais este desporto crescerá.

Fazes parte do “West Coast Surf Kayaking Committee” e da” Advisory Board of Paddle Surfers International”. De que forma é a tua colaboração com estas duas instituições…

Eu sou o presidente da “US West Surf Kayak Association” e já faço parte deste organismo há três anos. Gosto de contribuir com a minha experiência e conhecimentos que tenho sobre outros desportos como as águas bravas. Também gosto de aplicar as minhas energias para que este desporto evolua, fique melhor organizado e ganhe cada vez mais visibilidade.



E o teu trabalho enquanto fotógrafo e jornalista… o que é que tens feito?

Eu costumava escrever e fotografar muito para revistas de canoagem mas, ultimamente, não me tenho dedicado muito a essa actividade. É necessário muito tempo e energia dispendidos para conseguirmos alcançar sucesso e viver à custa disso. Continuo a fotografar sempre que tenho oportunidade mas não tenho escrito. Tenho deixado essa tarefa para a minha mulher que, nos últimos anos, publicou uma série de artigos sobre surf com fotografias minhas.

Por falar em surf, imaginas-te um dia a fazeres do kayaksurf a tua profissão… achas que tal ideia é possível?

Sobreviver como kayaksurfista profissional é, neste momento, muito irrealista. Pode ser que aconteça daqui a 5 ou 10 anos mas, neste momento, ainda não há potencial que chegue para tal. Espero ver um dia alguém a consegui-lo… talvez quando este desporto atingir um nível semelhante a outras modalidades do surf.


Jono Stevens


Na tua opinião, como é que vês a actual evolução do design dos surfkayaks?

Actualmente, há muitos modelos de surfkayaks à escolha. A maioria deles, são praticamente iguais com ligeiras modificações. Vince Shay, com todo o seu passado surfista, tem lançado grandes modelos nos últimos dois anos. Espero que ele continue a investir no design. Há também muitos modelos que nos chegam da Europa. O mercado está confuso porque foi inundado com muitos modelos semelhantes. Mal saem novos modelos, rapidamente ficam ultrapassados porque são substituídos por outros pouco tempo depois. Neste momento, não necessitamos assim de tantos modelos. Não há assim tanta gente a comprar estes surfkayaks de forma a garantir tantos modelos semelhantes que não se apresentam inovadores ou progressivos.


Jono Stevens



“O mercado está confuso porque foi inundado com muitos modelos semelhantes.”


Este ano, em Bakio/Mundaka (tal como em anos anteriores), o júri é formado por surfistas de prancha. O que é que pensas desta ideia – também defendida por Darren Bason – em recorrer ao pessoal do surf para ajuizar provas de kayaksurf?

Eu acho que seria bom termos no júri tanto surfistas, como canoístas. Os juízes do surf entendem melhor as ondas e o estilo de surf mas, os júris da canoagem, compreendem as limitações dos kayaks e quão difíceis são de conseguir executar algumas manobras. Também acho que, ao surfarmos ondas, devemos ser julgados pelos regulamentos do surf.

Para ti, qual é o melhor kayak para surfar…

Eu não posso dizer qual é o melhor. Ultimamente, tenho surfado um Mega Intruder, um surfkayak desenhado por Randy Phillips e Vince Shay. Gostei bastante do barco mas estou ansioso por experimentar outros modelos.


INTRUDER da MEGA - um dos favoritos de Jono


Qual o maior susto que já apanhaste no mar…

Bem, eu tenho tido muitos, daí que seja difícil dizer qual foi o maior. Há uns anos, fomos até ao Panamá e surfámos junto a uns rochedos que me assustaram bastante. Também tenho tido dias de ondas tão grandes aqui por Santa Cruz que por vezes nem sei como não me tenho despenhado. Há seis anos, eu e o Tom Fredericks tentámos ir até Mavericks mas nem conseguimos entrar. Eram consecutivas as “montanhas” de 12 metros cheias de espuma. Estava muito potente!


Jono Stevens ainda não desistiu de arriscar em Mavericks um dia



Tens algum kayaksurfista que admires mais pela sua técnica, estilo…

Há muitos kayaksurfistas que admiro. Gosto bastante do Rick Starr (presidente da WSKA já entrevistado pelo kayaksurf.net) , tanto pelo seu surf como pela sua contínua liderança no nosso desporto. Ensinou-me bastante e é o responsável pela minha entrada nos surfkayaks. Ele é muito seguro e tem muito estilo a surfar. Também gosto muito de surfar com o Dennis Judson (um dos clássicos de Santa Cruz) porque é sempre muito divertido e tem um grande sentido de humor. Outro que admiro é o Rusty Sage. Ele é realmente agressivo e muito divertido para surfar.


Rick Starr, Dennis Judson e Rusty Sage figuram nos preferidos de Jono


Onde é que habitualmente surfas…

A maioria das vezes, ando por Davenport porque o ambiente é muito bom e nunca há confusões (com surfistas). Mas gosto muito de ir até Steamers Lane quando as condições o permitem. Aquele sítio tem uma onda tão boa para surfar de kayak que conquista qualquer um.


Steamers lane



Qual foi o melhor spot onde já surfaste até hoje?

Acho que foi em Steamers Lane num daqueles dias grandes sem muita gente por perto. É difícil conseguir surfar uma onda de classe mundial aqui mesmo à porta de casa.

Qual a tua manobra favorita…

Tubos, quando consigo encontrá-los. Também gosto bastante de grandes “bottom tuns”, de “cortes” com a cauda ou de cutbacks. Tento aproveitar para fazer tudo o que a onda me permite.

Conhecias o kayaksurf.net? O que é que achas…

Eu não navego muito na net e só o visitei algumas vezes mas acho que é uma grande fonte para o kayaksurf. Tenho que visitá-lo com mais regularidade.

Deixa-nos agora algumas sugestões para quem quer iniciar-se no kayaksurf…

Dominar muito bem a esquimotagem é muito importante para começar tal como ir como alguém que conheça as ondas e que te possa ajudar. Procurem um pico fácil sem muita gente à volta – assim não têm que se preocupar em levar alguém à frente enquanto surfam (e eles agradecerão que não o façam). Também é importante que tenham um kayak que se ajuste bem e que não seja muito agressivo. Depois, procurem progredir o mais que possam. Assim que conseguirem surfar a primeira onda sonho, não vão querer outra coisa.

Obrigado Jono. Até Mundaka!


VIDEO DE JONO STEVENS




SPONSORS DE JONO STEVENS


OPTIC NERVE / DOC'S PROPLUGS / AT PADDLES / PATAGONIA



OUTRAS INFORMAÇÕES


PÁGINA PESSOAL: www.jonostevens.com

REVISTAS ONDE SURGIU: Outside, Paddler, Canoe and Kayak, Whitewater Paddler, Apex

VÍDEOS ONDE CONSTA: Wave Sport Promo 2002, several Gore Canyon Race/ Best of Gore




Trabalho publicado em 23 de Fevereiro de 2007

Texto - Luis Pedro Abreu

Fotos - Melissa Stevens + Matt Hudgens + Vince Shay

Video - Think Media




VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
MORE LINKS

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright 2006 Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com