Select from Portuguese to English, French, Spanish, etc










III PROVA DE KAYAK SURF DE PENICHE - BALEAL - 17 e 18 DE SETEMBRO 2005

FINAL do Circuito Nacional de Kayak Surf 2005



Vencedores da Prova de Peniche: Jorge Jorge (2º), Darren Bason (1º) e David Jaggs (3º)



PRAIA DO BALEAL SURF REPORT

O Campeonato de Kayak Surf de Peniche, que já vai na sua terceira edição, coincidiu este ano pela primeira vez com o culminar do circuito nacional de modalidade. A organização coube ao Clube de Águas Bravas de Portugal (CCABP) e o evento deste ano tinha mais um motivo extra – a presença de uma equipa de quatro britânicos, entre os quais, o segundo e terceiro lugares do ranking mundial. Depois das três provas nacionais, chegava a vez do Baleal em Peniche para determinar quem seria o campeão nacional de kayak surf. Ao todo, inscreveram-se 33 participantes mas a discussão pelos lugares cimeiros seria mais aliciante para aqueles que, nas provas anteriores, tinham obtido boas classificações.

No sábado, e após o briefing habitual, todos ficaram a saber que iam ser disputadas nove mangas para decidir quem passaria para as etapas de domingo. O mar estava desordenado com vagas que rondavam os três metros e a entrada era dificultada pela constante ondulação. Com um swell tão encrespado, a passagem da rebentação foi já uma conquista para muitos dos participantes. Chegados ao outro lado, outro desafio esperava os kayaksurfers... qual a onda a apanhar com tanto “quebra coco”!

Neste primeiro dia, sagrou-se vencedor André Afonso mas o esquadrão britânico depressa demonstrou que surfar com kayaks de carbono eram bem diferente dos habituais “plásticos”. Presente em Portugal – também pela primeira vez – e a assistir à prova, estava Malcolm Pearcey, o dono e designer da Mega Kayaks, marca líder mundial em surf kayaks.


André Afonso - 1º nas eliminatórias de sábado ainda vai dar que falar no KS nacional

No domingo, com um swell bem melhor em que ondas de menor porte convidavam a um surf mais perfeito, o júri, constituído por Henrique Sousa, Álvaro Almeida e Teresa Rodrigues, tiveram a tarefa mais facilitada em decidir quem realmente sabia escolher as melhores e ondas.

A praia do Baleal enchia-se com centenas de pessoas que assistiam à prova. Após quatro heats, chegaram à final Darren Bason, David Jaggs, Jorge Jorge e Rui Calado. O set que calhou aos finalistas acabou por determinar a superioridade de Darren Bason, seguido por Jorge Jorge e David Jaggs. Estavam encontrados os três primeiros classificados da prova do Baleal. Quanto ao ranking nacional, e após os cálculos efectuados com as pontuações das três provas anteriores, foi sagrado vencedor Rui Calado, seguido de Jorge Jorge e Luís Vieira.


Vencedores do Campeonato Nacional de KS: Jorge Jorge (2º), Rui Calado (1º) e Luís Vieira (3º)



Opinião

O Esquadrão Britânico

Os quatro britânicos apresentaram-se no Baleal com kayaks em fibra e carbono da Mega sendo três da classe HP (classe freestyle com finos) e um IC (clássicos mais longos e sem finos). No início, até tiveram algum receio em participar na prova devido à peculiaridade dos seus kayaks. Outro aspecto que também lhes colocava sérias dúvidas, era a forma de ajuizar uma prova como esta visto que estão habituados a disputar em duas classes distintas – IC e HP. Foi curioso ver que, enquanto alguns dos participantes portugueses faziam o aquecimento logo no primeiro dia, Bason dizia-me que não ia fazer nada daquilo – a velha questão do freestyle...

Logicamente que os kayaks da Mega eram bastante diferentes dos que habitualmente vemos nas ondas por cá. Ultra rápidos, personalizados para cada um dos surfistas e muito mais leves (7, 8 kg). Claro que não é a viola que faz o músico mas, mal entraram na água, depressa vimos que estávamos na presença de uma outra forma de surfar... a verdadeira. Cut-backs, bottom-turns, aéreos, floaters, tubos. São estas as manobras que o kayak surf procura (reler o artigo “O que é o kayak surf” publicado em vários locais da net). Ao verem Darren Bason a deixar o seu surf elegante nas ondas de Peniche, todos se renderam às evidências. O homem não andou nos monótonos 360’s, não se perdeu em blunts nem teve a tentação de sacar um loop na espuma. Surfou. Pura e simplesmente. E ganhou. Fez-se justiça ao que já tenho escrito acerca deste assunto. Para o ano há mais, e esperemos que venham mais participantes estrangeiros e nacionais para que o kayak surf se apresente, cada vez mais, como uma das vertentes mais bonitas e radicais da canoagem.

LPA




CLASSIFICAÇÃO GERAL


PROVA DE KS DE PENICHE

1º DARREN BASON (ING)
2º JORGE JORGE
3º DAVID JAGGS (ING)


CAMPEONATO NACIONAL - CLASSIFICAÇÃO APÓS A ÚLTIMA PROVA DO CIRCUITO

1º - RUI CALADO
2º - JORGE JORGE
3º - LUÍS VIEIRA





CONSULTE O RANKING NACIONAL PARA E VEJA COMO ESTÃO ORDENADOS OS CONCORRENTES APÓS CADA PROVA!




Publicado em 23 de Setembro de 2005

Texto - Luis Pedro Abreu

Fotos - kayaksurf.net / activ-photo


INÍCIO
Reportagem completa!
Ranking Nacional dos Kayak Surfers