CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!


CLICK!
CLICK!


:: ROBERTA BORSARI - CHICAMA 11 ::



Report de Roberta Borsari

Na longa esquerda de Chicama


Roberta Borsari / Surfing Trip Chicama, Peru 2011 / photos by Jesus El Zorro e Junior Canchumanya

Roberta Borsari

Depois de surfar a pororoca, o meu interesse em buscar ondas longas aumentou. E a sugestão para conhecer a esquerda mais longa do mundo veio da equipe da Surf Travel, operadora que organiza todas as minhas viagens. E a dica que recebi me pareceu bem tentadora: uma esquerda longa, perfeita, com diferentes seções e com um serviço diferenciando de um bote que te leva ao ponto inicial a cada vez que você surfa a onda. Ou seja, o gasto de energia é só pra curtir o drop e as manobras em Chicama! Agora junte tudo isso um visual incrível de deserto, um hotel com infra-estrutura de primeira com serviços diferenciados para surfistas e canoístas.

É algo como surfar horas e horas ondas longas e ao sair da água ter uma equipe para cuidar dos seus equipamentos para que você possa relaxar na sauna, jacuzzi, fazer uma massagem ou aproveitar outros mimos do Chicama Surf Resort. O Perú é um clássico do surf mundial e sempre esteve na minha lista de viagens e parece incrível como demorei tanto para ir a este destino tão especial estando tão perto do Brasil!









PATROCÍNIO:









APOIOS:








CHICAMA

Quando decidi surfar em Chicama, estava em busca das boas ondas, mas o que encontrei foi muito mais do que isso. Uma cultura riquíssima, com lendas e histórias interessantíssimas, uma gastronomia deliciosa que apresenta muito mais que o famoso ceviche e uma comunidade extremante hospitaleira. Chicama é conhecida pela longa distância de suas ondas, mas também por ser um pico muito consistente, com cerca de 150 dias de onda por ano, segundo o guia Wannasurf. E o norte do Perú tem excelentes opções de surf, como Pacasmayo, Lobitos, Mancora e Cabo Blanco – da qual não conheci nesta viagem. A entrada no país é pela capital, Lima, depois é necessário pegar mais um vôo de cerca de 1 hora até Tujillo – e com mais 45 minutos de van e chega-se ao destino: Chicama!





Chicama Spot / Peru


"cabalitos de totora"

Nos dois primeiros dias as ondas ainda estavam baixas, então aproveitei para conhecer a praia de Hunchaco, onde tive a oportunidade de remar nos “cabalitos de totora” - as tradicionais canoas peruanas que datam de 3.000 anos antes de cristo. Os Mochicas, civilização pré-inca que viveram no norte do Perú, utilizavam estas canoas para pescar e surfar. Muitas são as lendas e histórias da região, e dropar as ondas deste país é também mergulhar na história dos primórdios do surf!.




Totora - the old and famous surf canoes / photos by Jesus El Zorro e Junior Canchumanya



Também fui conhecer as ruínas de El Brujo (O Bruxo) - centro religioso do vale de Chicama que reunia sacerdotes e curandeiros em cerimônias e rituais especiais em templos e tumbas no meio do deserto com vista para mar. Outro lugar muito especial próximo a Chicama que vale conhecer é Chan Chan, a maior cidade de barro do mundo. Ela é considerada patrimônio cultural da humanidade pela ONU e impressiona pela grandeza e beleza. Chan Chan significa Sol Sol e foi a capital do reino Chimo – um dos mais poderosos da América do Sul – abrigando cerca de 50.000 habitantes. Caminhar pela cidade de barro com seus muros altíssimos e imagens que mostram as linhas do swell e outros desenhos como peixes, pelicanos e lontras é um convite a viagem no tempo.

Um swell de luxo com kayak e SUP

E quando entram as ondas elas são o show! São várias seções, mas rápidas, um pouco mais cheias ou ocas esperando que alguém possa entubá-las. E dependendo do tamanho e força do swell se conectam e foram a esquerda mais longa do mundo. Um verdadeiro playground para surfistas, canoístas e todos apaixonados por surf. São vários idiomas que se houve no mar, pois surfistas do mundo todo querem conhecer a famosa esquerda, mas pelo menos na semana que estive lá o mar não estava crowdiado e algumas vezes surfei ondas incríveis apenas com mais 3 ou 4 surfistas.




Roberta Borsari / Kayaksurf Chicama, Peru 2011 / photos by Jesus El Zorro e Junior Canchumanya



O surf da manhã costuma ser prioritário pois o vento fica mais forte na parte da tarde, mas mesmo quando ele entra, não estraga as ondas – é surf, surf e mais surf!. Portanto quando programar fazer as fotos de ação, prefira a manhã, combine com o fotógrafo Jesus El Zorro e aproveite para conhecer suas histórias. O Junior Canchumanya, também é fotógrafo, videomaker, pilota o bote do hotel e é um excelente guia para contar todas as histórias e dicas de Chicama.




Roberta Borsari / SUP Chicama, Peru 2011 / photos by Jesus El Zorro e Junior Canchumanya



Os primeiros dias surfei a onda de caiaque, para fazer o reconhecimento do pico e também por que é o equipamento que me sinto mais a vontade, é a minha paixão! Depois testei o surf de stand up, esporte da qual estou aprendendo e curtindo no momento. E achei que seria uma ótima oportunidade para evoluir no surf de pé – lá descobri que fui a primeira mulher a surfar de sup em Chicama. Não levei a minha prancha, pois a logística do itinerário de vôo com um stand up e um caiaque, digamos que não é muito prático. Mas o hotel tem uma série de pranchas para aluguel e isto possibilita testar diferentes equipamentos na onda – mais um conforto para os hóspedes.



Roberta Borsari / Surfing Trip Chicama, Peru 2011 / photos by Jesus El Zorro e Junior Canchumanya


Gastronomia e Contactos

A gastronomia também é um show a parte, pratos tradicionais que alimentam o corpo e alma e faz você conhecer ainda mais a região. Galinha com Aji, Chupe de pescado (sopa), tirajito e ceviche são um convite a boa mesa peruana e o pisco sour é a bebida alcoólica para receber os visitantes.

Uma viagem onde é possível conhecer os mistérios das civilizações pré-incas, dos primórdios do surf, a esquerda mais longa do mundo, a culinária peruana e tudo isso sendo muito bem recebido pela comunidade local.Impossível não sair satisfeito e com vontade de voltar. Recomendo!




Hotel



Se você vai a Chicama:

Para saber mais sobre o país: www.culturaperuana.com.br

Onde ficar: www.chicamasurf.com

Como viajar: www.surftravel.com.br






TODAS AS PHOTOS / ALL THE PHOTOS






Trabalho publicado em 08 de Novembro de 2011

Texto - Roberta Borsari

Fotos - Jesus El Zorro e Junior Canchumanya






VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
MORE LINKS

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright 2006 Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com