CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!
CLICK!


CLICK!
CLICK!
:: RUI CALADO / WATERTECH KAYAKS ::









Rui Calado / Watertech Kayaks

EASY - o wave que vai fazer escola



Pedro Castro and the waveski EASY - the new toy from Watertech made for the beginners


Depois da apresentação da nova geração de waveskis da Watertech, nova conversa com Rui Calado – sócio da marca nacional de surfkayaks e waveskis sediada em Aveiro. O mote de mais uma entrevista é o novo EASY – o wave escola que a Watertech apresentou na edição deste ano da Kayaksurf Session Figueira da Foz. De acordo com Pedro Castro – o outro sócio da W – esta nova aposta é sustentada na necessidade de existirem no mercado várias alternativas: tanto no preço, como na performance. De facto, este EASY vem preencher a lacuna que a Watertech ainda não tinha – um wave mais permissivo, facilitador na aprendizagem e mais barato do que os demais irmão da marca.

Na estreia do novo wave, a Session deste ano contou com a primeira edição do Troféu Easy. As regras ditavam que todos os inscritos tinham somente que surfar com o novo brinquedo da Watertech. José Piñeiro levou o prémio para a Galiza e o Troféu permitiu que muitos experimentassem pela primeira vez este waveski. Mas vamos à conversa!

kayaksurf.net - Olá Rui! Depois do ONA, e da nova colecção de waves, mais uma novidade da Watertech - o W-EASY. Apresenta-nos este projecto...

RUI CALADO - O W-Easy é a nossa “arma” para meter mais gente a surfar sentado ;) Desde que começámos com o projecto Watertech que sempre foi um dos nossos objectivos: ver mais gente nas ondas sem ser de pé numa prancha de surf… e também sempre achámos que os waveskis eram máquinas mais acessíveis pois são menos exigentes tecnicamente do que os kayaks numa perspectiva de iniciação. Não precisas de saber esquimotar nem apoiar para começar logo a curtir umas ondas.

Mas o problema estava na fragilidade e preço elevado dos waveskis custom... Há bem mais de um ano começámos em testes de um shape que fosse muito mais fácil de andar, muito mais estável mas que, mesmo assim, tivesse uma boa performance e desse para evoluir em termos de surf. Lembraste que já esteve na Session do ano passado? Depois de uma série de alterações chegámos à forma que nos pareceu equilibrada em todos estes aspectos. Depois passámos à fase do molde na NELO para o construir em fibra para reduzir custos e conseguir um produto interessante em termos de shape, relativamente leve (10 Kg), robusto, estável, apelativo visualmente e bem mais barato do que os Custom e do que os RTM Slides que são a concorrência directa... é o W-Easy. Easy a aprender, Easy a transportar e sobretudo Easy a comprar...





Rui testing an Easy model waveski in Galiza / photos by kayaksurf.net



Que diferenças fundamentais apontas entre este Easy e os outros waves da W?

É feito em molde e portanto “em série” o que reduz bastante os custos de produção e logo o preço final. Mas tem tudo o que os outros Waveskis normais têm, só um pouco mais pesado mas nada de muito significativo para quem não andou nunca em pranchas mais leves. E em termos de performance não tem nada a ver com, por exemplo, um Sit on Top...

Claro que os Custom são mais manobráveis, mas também muito mais instáveis. O W-Easy é dirigido para um primeiro contacto com a modalidade... depois quem tiver interesse e dedicação passará para um Kayaksurf ou um Custom. Para se adaptar a quase todos aguenta um rider desde os 40Kg até 120Kg... e como tem a zona dos footstraps regulável adapta-se aos maiores e mais pequenos... também aqui é Easy experimentarem várias pessoas a mesma máquina...




Miguel Carvalho - W-Team - also testing the EASY by kayaksurf.net



Suponho que outra grande vantagem seja também o preço...

Pois sempre foi um dos principais objectivos. Temos consciência de que gastar 1.100€ num Wave Custom para aprender e dar pancadas com a pagaia é agreste... e começar num Sit on Top não se tiram as mesmas sensações...

O preço com que vamos comercializar o W-Easy são 650€ incluindo IVA, a prancha, banco de foam, cinto, válvula, footstraps e 3 fins... Uma vez mais, a concorrência directa que são os Slides estão bem acima destes preços... a ideia e o esforço é ter um produto acessível a quem quer experimentar a modalidade.


"O preço com que vamos comercializar o W-Easy são 650€ incluindo IVA,

a prancha, banco de foam, cinto, válvula, footstraps e 3 fins... "











Então para quem aconselharias, fundamentalmente, este novo Easy?

Para todos aqueles que estão na praia a olhar para a malta a curtir dentro de água e não tem coragem de passar muitas horas a dominar uma máquina mais nervosa, para quem já experimentou surfar mas que tem dificuldades de equilíbrio, para escolas de surf oferecerem mais uma opção aos seus clientes, para quem quer entra na onda de surfar sentado da forma mais Easy...



1: Bruno Melo / 2: Lionel Angibaud / 3: Francisco Saraiva / 4: Mathieu Jonneaux / 5: Unai Uribeondo - Part of the W-Team


Tanto nos surfkayaks, como nos waveskis, vocês têm conseguido conquistar em pouco tempo grandes craques para a W-Team! Qual o segredo da estratégia?

Eh eh eh... será por isso que agora me chamam Mourinho?... Não há assim uma receita para isso... penso que passa por termos boas propostas em termos de desenho e de construção, estarmos sempre abertos e em comunicação com os riders para fazer melhoramentos e alterações, partilharmos a mesma “onda” e mantermos uma atitude descontraída e bem disposta... o projecto W está bem assente em peças fundamentais como o Bruno Melo, o Nelo, a SPO, etc e portanto transmite confiança a quem contactamos para o Team.

Já contamos nos kayaks com um campeão do mundo de juniores, uma campeã do mundo de IC, o Edu que é um excelente atleta em todos os sentidos, o Chris Harvey com uma excelente técnica e manobras radicais, o André Pinto que também dá cartas em qualquer onda por aí, O Migas que está a evoluir muito e depressa...

Nos Waves temos o Unai que tem um surf muito espectacular e agressivo, o Mathieu que é um potencial pois ainda é muito novo, o Lionel que tem também um surf no estilo Babarit que gostamos bastante... Além de todos os Riders Portugas que nos acompanham sempre e testam as nossas máquinas e se divertem com elas ;) E estamos em conversações para aumentar a nossa “família” W-Team Internacional... quem? Por enquanto é segredo, mas em breve iremos revelar...

A vossa presença é igualmente habitual em inúmeros eventos de kayaksurf e waveski, quer por cá, quer lá por fora. Queres destacar algumas participações mais recentes da W-Team?

Só não vamos a mais porque o tempo (e o guito) não permite. Mas mesmo assim estivemos em Marrocos no ano passado, no Ocean Spirit durante o Mundial, no Circuito Nacional, fomos a Mundaka para trazer o primeiro prémio com o André Pinto, estivemos no Europeu de Waveski, na prova da Galiza, agora na Session... Faltámos a Santa Cruz na Califórnia mas penso que para o ano não iremos faltar...





Easy on the waves!


Fred Jonneaux, no report que nos enviou sobre o Europeu de waveski, fala em mais de 70 inscritos... confirmas a Meca do Waveski Europeu?

Foi uma prova muito fixe, não só porque o local era muito bonito, as ondas estavam pequenas mas bem formadas, tinha um golfinho que fazia ondas connosco, malta simpática. Mas o que me impressionou sobretudo foi o nível de muitos riders, especialmente dos putos mais novos... com 12 ou 13 anos, dentro de água não os consegues distinguir de um sénior... aqueles 4 que estiveram na final dos miúdos nas nossas provas nacionais acho que limpavam tudo e todos... temos que passar mais tempo dentro de água e evoluir ainda um pouco para ficar a par de muita malta aí na Europa...



Mathieu Jonneaux, W-Team France / Waveski Europeans 05.2010 / Photo by peeksea.com


E quais são as expectativas de todos aqueles raiders em relação ao nosso Mundial?

Depois do Mundial de kayaksurf e de todas as fotos, vídeos e histórias que correram pelo mundo acho que está toda a gente a contar o tempo que falta para poderem vir cá e curtir as ondas e o ambiente de Santa Cruz durante o Ocean Spirit.

A questão do costume... há mais alguma novidade da Watertech para breve?

Isto nunca pára... Alem das novas “contratações”, temos em vista um novo modelo de kayak e, a correr bem, uma grande novidade lá para Dezembro, mas ainda é cedo para falar delas pois podem correr mal pelo caminho...

Últimas palavras...

Experimentem surfar sentados de preferência numa machine adaptada ao Vosso nível técnico. Vão ver que alem de Easy é muito divertido e, sem dúvida nenhuma, muito viciante...

Obrigado Rui! O Troféu foi um sucesso e esperamos que o Easy coloque ainda mais gente nas ondas!



Rui and his EASY / Galiza 2010


Trabalho publicado em 29 de Junho de 2010

Texto - Luis Pedro Abreu

Fotos - kayaksurf.net + Watertech Team + peeksea.com




VISITA A SECÇÃO MEGA!





MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA GATH



MAIS INFORMAÇÕES NO SITE OFICIAL DA ROBSON





HOME
ORIGINS OF SURFKAYAK
GEAR
SIT-IN MODELS
SIT-ON-TOP MODELS
WAVE-SKI SECTION
GREAT INTERVIEWS!
PHOTOS
VIDEOS KAYAKSURF
VIDEOS WAVESKI

HISTORY OF THE CHAMPIONSHIPS
MOVES
SURFKAYAKING RULES
CALENDAR OF THE CONTESTS
FULL REPORTS
NATIONAL RANKING
LINKS!
ARTICLES

SURF ETIQUETTE
NEWS TEAM
COURSES AND FORMATION
GREAT PICS!
CREDITS
FORUM
NEWS SECTION
WEATHER & WAVES



Copyright / Todos os direitos reservados - Luis Pedro Abreu

kayaksurf@gmail.com